Cadastre-se Jogo das Vocações Simulado Busca

Simulado On-Line
 
HISTÓRIA - UFES (1998)

16) Embora Otávio “Augusto” não tivesse rompido formalmente com o regime republicano, mantendo as suas instituições (Senado, Magistratura, Comícios Centurial e Tribal) de maneira deformada, concentrou em suas mãos, a partir de 27 a.C., um extraordinário poder. No amplo leque de reformas promovidas por Otávio “Augusto”, podemos destacar a


a)reforma administrativa, dividindo as províncias romanas em centuriais e republicanas, o que resultou na fragmentação do poder de Otávio “Augusto”.
b)redução da excessiva exploração das riquezas das províncias, mediante o aperfeiçoamento administrativo e o combate à corrupção dos altos funcionários.
c)expansão das fronteiras do Império com a conquista de novas terras, como principal função do exército, o que resultou no aumento do efetivo militar.
d)permanência de uma política social, visando a acabar com a hierarquia determinada pelo nascimento e pela riqueza pessoal e a garantir a igualdade de direitos entre as classes.
e)realização da reforma agrária nos latifúndios da elite romana, permitindo às classes menos favorecidas o acesso à terra.
Resposta


17) A partir do séc. XI, verificou-se um processo de grande transformação na vida da Europa Ocidental. É o início da Baixa Idade Média. A primeira fase desse processo marcou o renascimento comercial e urbano europeu, com as seguintes características:I -busca de novos mercados, através das rotas comerciais do Oceano Atlântico e da descoberta de novos continentes.
II -desenvolvimento comercial através do Mar do Norte, sob o comando da Liga Hanseática formada pelas cidades alemãs, e expansão das rotas comerciais do Sul através do Mediterrâneo.
III -fortalecimento dos grandes centros urbanos por meio do intenso comércio de produtos manufaturados e do emprego de mão-de-obra assalariada.
IV -decadência das cidades e das corporações de ofício, com o conseqüente enfraquecimento das atividades mercantes.
V - surgimento de uma nova classe social, a burguesia, constituída principalmente de mercadores, banqueiros e artesãos, e formação de uma nova mentalidade influenciada pela vida mercantil.

Marque o item que contém a(s) característica(s) correta(s).


a)I
b)II e III
c)III e IV
d)I e V
e)II e V
Resposta


18) O processo revolucionário que dominou a França em 1789 legitimou a idéia de cidadania, que ganhou contornos históricos em âmbito universal.Esse acontecimento ficou estabelecido com


a)o fim da Monarquia Constitucional e a consolidação da República Francesa
b)a queda da Bastilha, prisão do Estado francês, símbolo do poder absoluto, tomada pelas massas populares em rebelião.
c)a declaração dos direitos do homem e do cidadão, aprovada pela Assembléia Constituinte, proclamando princípios de liberdade, igualdade e fraternidade.
d)o Congresso de Viena, que restabeleceu o equilíbrio político do continente europeu após as guerras napoleônicas.
e)a ascensão de Napoleão Bonaparte ao poder e a reorganização da sociedade francesa de acordo com o código napoleônico.
Resposta


19) “Cada ano, vem nas frotas quantidade de portugueses e de estrangeiros, para passarem às minas. Das cidades, vilas, recôncavos e sertões do Brasil, vão brancos, pardos e pretos, e muitos índios, de que os paulistas se servem. A mistura é de toda a condição de pessoas ...”.
André João Antonil - Cultura e opulência do Brasil.O texto acima destaca um dos aspectos das transformações que a sociedade brasileira sofreu com o advento da mineração.
Com relação a essas transformações que ocorreram nas Gerais, podemos afirmar:


a)A sociedade que se formou nessa época era tipicamente rural, com pequena diversificação de função e ofícios
b)As ordens religiosas se estabeleceram em toda a região, dominando a vida religiosa e determinando o comportamento dos indivíduos.
c)A mineração impossibilitou maior mobilidade social, devido a uma rígida hierarquização da sociedade.
d)As relações sociais entre diversas pessoas de diferentes origens e posições sociais implicou atitudes de favorecimento ao negro, alterando as relações escravistas na área
e)Entre 1700 e 1800, a migração promoveu, na região, uma explosão populacional constatada por dados demográficos, que comprovam um aumento da população maior nesse período do que em outros.
Resposta


20) Com a instalação da Família Real de Portugal no Brasil, em 1808, o país ganhou status de sede de monarquia portuguesa e modificou a situação político-econômica predominante, por meio do decreto da “Abertura dos Portos Brasileiros às Nações Amigas”. Além de liberar os portos para o comércio internacional, esse decreto


a)marcou o fim do pacto colonial, na medida em que extinguiu o monopólio comercial lusitano e propiciou a proeminência inglesa no Brasil
b)estimulou a expansão das companhias de comércio européias que se estabeleceram nos principais portos do Brasil
c)proporcionou um intenso movimento de negociações mercantis nas cidades brasileiras, provocando divergências e choques de interesses entre a Inglaterra e demais nações européias.
d)provocou o crescimento da produção manufatureira no Brasil, não só pela ampliação do mercado interno, como também pela abertura de novos mercados internacionais.
e)criou condições para que a indústria têxtil brasileira pudesse concorrer com a inglesa, colocando no mercado produtos mais baratos e de boa qualidade.
Resposta


21) O cultivo do café no sul do Espírito Santo, no século passado, que contribuiu para o povoamento da região, contou com a


a)proteção do governo, que adquiria todo o estoque de café do sul.
b)exigência no controle das técnicas empregadas no cultivo, para garantir competitividade no mercado.
c)participação de vários proprietários, em sua maioria fluminenses e mineiros.
d)vinculação paralela do cultivo do café às atividades industriais da região.
e)experiência da mão-de-obra especializada de trabalhadores nacionais, graças aos termos do Convênio de Taubaté.
Resposta


A questão abordada, o desemprego, foi motivo de preocupação dos operários ingleses no contexto da 1a fase da Revolução Industrial, desencadeando
I - movimento de resistência de trabalhadores da indústria - ludismo inglês - que destruíram fábricas e máquinas, às quais se atribuía o desemprego.
II - exigências da classe trabalhadora para acelerar a modernização tecnológica, com vistas à melhoria dos equipamentos nas fábricas, o que demandaria um número maior de operários para o seu funcionamento.
III - políticas chamadas cartistas, lideradas pelos grandes empresários industriais, com o intuito de atrair mão-de-obra rural para o trabalho nas indústrias urbanas.
IV - rebeliões rurais que contestavam a localização das fábricas nas grandes cidades, o que levava ao desemprego o homem do campo que não tinha condições de acesso às áreas urbanas.

Contém a informação correta:

22)



a)I
b)II
c)III
d)II e III
e)IV
Resposta


23) Durante o Brasil Império, na fase final do Segundo Reinado, registraram-se significativas mudanças socioeconômicas na sociedade brasileira, as quais estabeleceram um novo rumo para o desenvolvimento nacional. O marco histórico desse processo foi


a)o grande desenvolvimento industrial urbano do país e a decadência da lavoura cafeeira como principal fonte agroexportadora nacional.
b)a decadência do escravismo brasileiro e a substituição do trabalho escravo pelo trabalho livre.
c)o movimento camponês na Bahia (Revolta de Canudos) e a divisão fundiária do Nordeste em pequenas propriedades agrícolas.
d)a organização dos trabalhadores rurais em sindicatos, que incrementaram movimentos políticos em favor da regulamentação do trabalho no campo.
e)o declínio das oligarquias rurais e a ascendência da classe operária que, politicamente organizada, contribuiu para a mudança da ordem política nacional.
Resposta


24) O impacto da 1a Guerra Mundial sobre a vida dos cidadãos foi imenso, atingindo desde o comportamento das massas populares até áreas como a política, a medicina e a tecnologia, determinando o seguinte contexto:I -unificação e fortalecimento da social-democracia alemã.
II -presença mais significativa dos governos em geral na economia, por meio do planejamento econômico.
III -desenvolvimento da artilharia pesada, com aprimoramento da técnica de fabricação do aço.
IV -melhoria dos serviços médicos na produção de medicamentos e conseqüente avanço na área de cirurgia dos ossos e da cabeça.


a)I e III
b)I, III e IV
c)I e IV
d)II, III e IV
e)II e IV
Resposta


25) A Revolução Mexicana de 1910 teve participação ativa das massas camponesas, encontrando no agrarista Emiliano Zapata um dos seus mais renomados e combativos líderes. O Plano de Ayala, firmado em novembro de 1911, traduzia em seus artigos todas as reivindicações e objetivos do movimento zapatista. Esse movimento teve como um dos objetivos principais “a devolução das terras usurpadas aos seus legítimos proprietários”. Podemos identificar como legítimos proprietários os seguintes segmentos populacionais que lutaram ao lado de Zapata:


a)camponeses e índios.
b)elite agrária e camponeses.
c)camponeses e operários.
d)índios e operários
e)elite agrária e burguesia
Resposta


26) O colapso deflagrado no mundo pela crise financeira dos anos 20 teve como principal ato o craque da Bolsa de Valores de Nova York, em outubro de 1929. Como conseqüência dessa crise, podemos destacar:


a)os preços e salários subiram, aumentando a oferta de empregos na área industrial européia.
b)a Europa recuperou sua prosperidade com altos investimentos dos fundos particulares norte- -americanos.
c)o Brasil se manteve fora da crise com contínuos aumentos das exportações do café
d) o mundo todo foi afetado drasticamente, quando a Inglaterra abandonou o padrão-ouro, permitindo a desvalorização da libra.
e)nos primeiros anos da década de 30, a indústria alemã duplicou a sua produção, acarretando o crescimento do comércio mundial.
Resposta


27) O movimento modernista de 1922, iniciado com a semana da “Arte Moderna” em São Paulo, foi muito importante para as novas concepções artísticas e intelectuais do Brasil e caracterizou-se como


a)movimento intelectual e artístico organizado pela jovem intelectualidade brasileira, que rompeu com a repressão ideológica dominante nas artes, com o objetivo de rever a cultura do país e valorizar, através das artes em geral, componentes nacionais e autenticamente brasileiros.
b)movimento cultural organizado pelos artistas paulistanos em protesto contra a grande influência da cultura norte-americana no Brasil, caracterizada pelo “way of life” que predominava entre os artistas plásticos
c)movimento cultural organizado pelos jornalistas de São Paulo contra a repressão política predominante na República Velha, que implicou o fechamento de vários jornais e agências de rádio, promovendo grande insatisfação na classe jornalística
d)movimento artístico que divulgou o cinema novo, tendo a temática social como o centro das atenções de cineastas e teatrólogos, que rompem com a linguagem convencional e retratam a realidade brasileira
e)movimento cultural que divulgou a moderna arquitetura brasileira que, por intermédio de Oscar Niemeyer, se tornava uma arte internacionalmente famosa.
Resposta


28) Após a Segunda Guerra Mundial, uma questão colocada em evidência foi a descolonização da África e da Ásia, com o desmonte dos impérios coloniais. NÃO condiz com esse contexto:


a)A ampliação dos movimentos de autonomia política foi estimulada pela crise dos países colonizadores, que não tiveram meios para conter os movimentos anticolonialistas.
b)Os movimentos de libertação refletiam transformações produzidas nas colônias, com crescentes ideais nacionalistas.
c)O processo de independência desenvolvido nos diferentes países ocorreu através de diversas vias, quer por concessões da metrópole, quer por luta armada.
d)Com o fim do imperialismo, a autonomia política dos novos países não correspondeu ao término da subordinação econômica.
e)A influência crescente do poderio naval inglês, que buscava equilibrar o domínio dos oceanos com as frotas americanas e soviéticas com vistas à manutenção das colônias africanas.
Resposta


Conforme os dados, a União Democrática Nacional (UDN) teve uma posição destacada na cena política, sem contudo dominá-la. Suas definições partidárias estavam voltadas para uma

29) Eleições parlamentares no período do populismo.



a)representação política da esquerda progressista, basicamente composta pelos grandes proprietários rurais em oposição a Eduardo Gomes
b)oposição ao getulismo e ao intervencionismo estatal.
c)ação política baseada nas reivindicações sindicalistas, tendo como base eleitoral o proletariado urbano, que rejeitava as coligações com o Partido Social Democrático (PSD).
d)posição contrária à colaboração do capitalismo estrangeiro e à participação dos Estados Unidos como investidor no Brasil.
e)linha democrático-populista em defesa de Vargas, permitindo coligações imbatíveis com o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)
Resposta


As diferenças políticas entre Cuba e os Estados Unidos, após a Revolução Cubana, resultaram da

30)



a)aprovação da Emenda Platt, que impedia a entrada de americanos em Cuba.
b)contradição crescente entre os interesses norte-americanos e as diretrizes revolucionárias cubanas, que levaram Cuba à opção por um regime socialista de inspiração soviética.
c)decisão de Cuba de se afastar dos países latinos, recusando-se a aceitar a proposta norte-americana para fazer parte da Organização dos Estados Americanos-OEA.
d)aliança político-ideológica entre Fidel Castro e Fulgêncio Batista, ex-ditador de Cuba, contrariando os interesses americanos e os do proletariado cubano.
e)política do governo cubano, que priorizava a indústria de bens de consumo e de base, relegando a produção de açúcar da qual os Estados Unidos dependiam.
Resposta