Cadastre-se Jogo das Vocações Simulado Busca

Simulado On-Line
 
FÍSICA - FUVEST (1999)
Com relação aos tempos gastos pelo atleta para percorrer os 100m, podemos afirmar que, aproximadamente,

41) Quando necessário, adote para a aceleração da gravidade o valor g=10m/s² e, para a densidade da água, o valor 1.000kg/m ³ .


V.41– Na figura, estão representadas as velocidades, em função do tempo, desenvolvi-das por um atleta, em dois treinos A e B, para uma corrida de 100m rasos.



a)no B levou 0,4s a menos que no A .
b)no A levou 0,4s a menos que no B.
c)no B levou 1,0s a menos que no A .
d)no A levou 1,0s a menos que no B.
e)no A e no B levou o mesmo tempo.
Resposta



Podemos afirmar que o raio de luz

42) V.42 – Considere três situações em que um raio de luz se desloca no vácuo:
I. nas proximidades de uma esfera carre-gada eletricamente, representada na figura I.
II. nas proximidades do pólo de um ímã, representada na figura II.
III. nas proximidades de um fio percorrido por corrente elétrica i, representada na figura III.



a)não é desviado em qualquer das três situações.
b)é desviado nas três situações.
c)só é desviado nas situações I e II.
d)só é desviado nas situações II e III.
e)só é desviado na situação I.
Resposta


São corretas as afirmações:

43) V.43 - Um corpo de massa m é lançado com velocidade inicial na parte horizontal de uma rampa, como indicado na figura. Ao atingir o ponto A, ele abandona a rampa, com uma velocidade , segue uma trajetória que passa pelo ponto de máxima altura B e retorna à rampa no ponto C. Despreze o atrito. Sejam hA, hB e hC as alturas dos pontos A,B e C, respectivamente, a velocidade do corpo no ponto B e a velocidade do corpo no ponto C. Considere as afirmações:



a)todas.
b)somente I e II.
c)somente II, III e IV.
d)somente II, III, IV e V.
e)somente II, III e V.
Resposta


Considere uma situação hipotética em que o valor do raio da Terra seja diminuído para R’, sendo R’ = 0,8 , e em que seja mantida (uniformemente) sua massa total. Nessas condições, os valores aproximados das acelerações da gravidade à distância R’ e à uma distância igual a do centro da “Terra Hipotética” são, respectivamente

44) V.44 – O gráfico da figura representa a aceleração da gravidade g da Terra em função da distância d ao seu centro.




Resposta



Podemos afirmar que a direção e sentido da quantidade de movimento adquirida pela Terra são indicados aproximadamente pela seta:

45) V.45 – Um meteorito, de massa m muito menor que a massa M da Terra, dela se aproxima, seguindo a trajetória indicada na figura. Inicialmente, bem longe da Terra, podemos supor que sua trajetória seja retilínea e sua velocidade . Devido à atração gravitacional da Terra, o meteorito faz uma curva em torno dela e escapa para o espaço sem se chocar com a superfície terrestre. Quando se afasta suficientemente da Terra, atinge uma velocidade final de forma que, aproximadamente, , podendo sua trajetória ser novamente considerada retilínea. Ox e Oy são os eixos de um sistema de referência inercial, no qual a Terra está inicialmente em repouso.



a)1
b)2
c)3
d)4
e)5
Resposta


Indicando por “nada” a ausência de atração ou repulsão da parte testada, os resultados das quatro experiências são, respectivamente, I II III IV

46) V.46 - Um ímã, em forma de barra, de polaridade N(norte) e S(sul), é fixado numa mesa horizontal. Um outro ímã semelhante, de polaridade desconhecida, indicada por A e T, quando colocado na posição mostrada na figura 1, é repelido para a direita.
Quebra-se esse ímã ao meio e, utilizando as duas metades, fazem-se quatro experiências, representadas nas figuras I, II, III e IV, em que as metades são colocadas, uma de cada vez, nas proximidades do ímã fixo.




a)repulsão atração repulsão atração
b)repulsão repulsão repulsão repulsão
c)repulsão repulsão atração atração
d)repulsão nada nada atração
e)atração nada nada repulsão
Resposta


A única configuração dos campos, compatível com a trajetória da carga, é aquela descrita em:

47) V.47 - Em cada uma das regiões I, II e III da figura abaixo existe ou um campo elétrico constante , ou um campo elétrico constante , ou um campo magnético constante (perpendicular ao plano do papel). Quando uma carga positiva q é abandonada no ponto P da região I, ela é acelerada uniformemente, mantendo uma trajetória retilínea, até atingir a região II. Ao penetrar na região II, a carga passa a descrever uma trajetória circular de raio R e o módulo da sua velocidade permanece constante. Finalmente, ao penetrar na região III, percorre uma trajetória parabólica até sair dessa região. A tabela abaixo indica algumas configurações possíveis dos campos nas três regiões.



a)A
b)B
c)C
d)D
e)E
Resposta



A velocidade de propagação da onda na corda é 24m/s. Sejam A, B, C, D e E pontos da corda. Considere, para o instante representado, as seguintes afirmações:
I. A freqüência da onda é 0,25 Hz.
II. Os pontos A, C e E têm máxima aceleração transversal (em módulo).
III. Os pontos A, C e E têm máximo deslocamento transversal (em módulo).
IV. Todos os pontos da corda se deslocam com velocidade de 24 m/s na direção do eixo x.
São corretas as afirmações:

48) V.48 – O gráfico representa, num dado instante, a velocidade transversal dos pontos de uma corda, na qual se propaga uma onda senoidal na direção do eixo dos x.



a)todas.
b)somente IV.
c)somente II e III.
d)somente I e II.
e)somente II, III e IV.
Resposta


Podemos afirmar que os raios compatíveis com as reflexões e refrações sofridas pelo raio incidente I, no prisma, são:

49) V. 49 - Um raio monocromático de luz incide no ponto A de uma das faces de um prisma feito de vidro e imerso no ar. A figura 1 representa apenas o raio incidente I e o raio refratado R num plano normal às faces do prisma, cujas arestas são representadas pelos pontos P, S e T, formando um triângulo eqüilátero. Os pontos A, B e C também formam um triângulo eqüilátero e são, respectivamente, eqüidistantes de P e S, S e T, e T e P. Considere os raios E1, E2, E3, E4 e E5, que se afastam do prisma, representados na figura 2.



a)somente E3
b)somente E1 e E3
c)somente E2 e E5
d)somente E1 , E3 e E4
e)todos (E1 , E2 , E3 ,E4 e E5 )
Resposta


50) V.50 - Um balão de pesquisa, cheio de gás hélio, está sendo preparado para sua decolagem. A massa do balão vazio (sem gás) é MB e a massa do gás hélio no balão é MH . O balão está parado devido às cordas que o prendem ao solo. Se as cordas forem soltas, o balão iniciará um movimento de subida vertical com aceleração de 0,2m/s ² . Para que o balão permaneça parado, sem a necessidade das cordas, deve-se adicionar a ele um lastro de massa igual a:



a)0,2 MB
b)0,2 MH
c)0,02 MH
d)0,02 (MB + MH )
e)0,02 (MB - MH )
Resposta


51) V.51 – No gráfico, a curva I representa o resfriamento de um bloco de metal a partir de 180ºC e a curva II, o aquecimento de uma certa quantidade de um líquido a partir de 0ºC, ambos em função do calor cedido ou recebido no processo. Se colocarmos num recipiente termicamente isolante a mesma quantidade daquele líquido a 20ºC e o bloco a 100ºC, a temperatura de equilíbrio do sistema (líquido + bloco) será de aproximadamente



a)25ºC
b)30ºC
c)40ºC
d)45ºC
e)60ºC
Resposta


O gráfico mostra qualitativamente a variação da potência P, dissipada em um dos elementos do circuito, em função do valor da resistência de R3. A curva desse gráfico só pode representar a

52) V.52 – No circuito abaixo, os resistores R1 e R2 têm resistência R e a bateria tem tensão V. O resistor R3 tem resistência variável entre os valores 0 e R.



a)potência dissipada no resistor R1
b)potência dissipada no resistor R2
c)potência dissipada no resistor R3
d)diferença entre as potências dissipadas em R2 e R3
e)soma das potências dissipadas em R2 e R3
Resposta


53) V.53 - Três homens tentam fazer girar, em torno do pino fixo O, uma placa retangular de largura a e comprimento 2a, que está inicialmente em repouso sobre um plano horizontal, de atrito desprezível, coincidente com o plano do papel. Eles aplicam as forças , nos pontos A, B e C, como representadas na figura. Designando, respectivamente, por MA , MB e MC as intensidades dos momentos dessas forças em relação ao ponto O, é correto afirmar que:



a)MA = MB > MC e a placa gira no sentido horário.
b)MA < MB = MC e a placa gira no sentido horário.
c)MA = MB < MC e a placa gira no sentido anti-horário.
d)2MA = 2MB = MC e a placa não gira.
e)2MA = MB = MC e a placa não gira.
Resposta


54) V.54 - Um caminhão, com massa total de 10.000 kg, está percorrendo uma curva circular plana e horizontal a 72km/h (ou seja, 20m/s) quando encontra uma mancha de óleo na pista e perde completamente a aderência. O caminhão encosta então no muro lateral que acompanha a curva e que o mantém em trajetória circular de raio igual a 90m. O coeficiente de atrito entre o caminhão e o muro vale 0,3. Podemos afirmar que, ao encostar no muro, o caminhão começa a perder velocidade à razão de, aproximadamente,


a)0,07 m.s -2
b)1,3 m.s -2
c)3,0 m.s -2
d)10 m.s -2
e)67 m.s –2
Resposta


55) V.55 - Um músico sopra a extremidade aberta de um tubo de 25cm de comprimento, fechado na outra extremidade, emitindo um som na freqüência f=1.700 Hz. A velocidade do som no ar, nas condições do experimento, é v=340m/s. Dos diagramas abaixo, aquele que melhor representa a amplitude de deslocamento da onda sonora estacionária, excitada no tubo pelo sopro do músico, é:



Resposta


56) V.56 - A figura abaixo mostra, numa mesma escala, o desenho de um objeto retangular e sua imagem, formada a 50cm de uma lente convergente de distância focal f. O objeto e a imagem estão em planos perpendiculares ao eixo óptico da lente. Podemos afirmar que o objeto e a imagem



a)estão do mesmo lado da lente e que f = 150cm.
b)estão em lados opostos da lente e que f = 150cm.
c)estão do mesmo lado da lente e que f = 37,5cm.
d)estão em lados opostos da lente e que f = 37,5cm.
e)podem estar tanto do mesmo lado como em lados opostos da lente e que f = 37,5cm.
Resposta


57) V.57 - As lâmpadas fluorescentes iluminam muito mais do que as lâmpadas incandescentes de mesma potência. Nas lâmpadas fluorescentes compactas, a eficiência luminosa, medida em lumens por watt (lm/W), é da ordem de 60 lm/W e, nas lâmpadas incandescentes, da ordem de 15 lm/W. Em uma residência, 10 lâmpadas incandescentes de 100W são substituídas por fluorescentes compactas que fornecem iluminação equivalente (mesma quantidade de lumens). Admitindo que as lâmpadas ficam acesas, em média, 6 horas por dia e que o preço da energia elétrica é de R$0,20 por kW.h, a economia mensal na conta de energia elétrica dessa residência será de, aproximadamente,


a)R$ 12,00
b)R$ 20,00
c)R$ 27,00
d)R$ 36,00
e)R$ 144,00
Resposta


58) V.58 - A figura mostra uma bomba de encher pneu de bicicleta. Quando o êmbolo está todo puxado, a uma distância de 30cm da base, a pressão dentro da bomba é igual à pressão atmosférica normal. A área da seção transversal do pistão da bomba é 24 cm ² . Um ciclista quer encher ainda mais o pneu da bicicleta que tem volume de 2,4 litros e já está com uma pressão interna de 3atm. Ele empurra o êmbolo da bomba até o final de seu curso. Suponha que o volume do pneu permaneça constante, que o processo possa ser considerado isotérmico e que o volume do tubo que liga a bomba ao pneu seja desprezível. A pressão final do pneu será, então, de aproximadamente:



a)1,0atm
b)3,0atm
c)3,3atm
d)3,9atm
e)4,0atm
Resposta


59) V.59 – Um disco de raio r gira com velocidade angular constante. Na borda do disco, está presa uma placa fina de material facilmente perfurável. Um projétil é disparado com velocidade em direção ao eixo do disco, conforme mostra a figura, e fura a placa no ponto A. Enquanto o projétil prossegue sua trajetória sobre o disco, a placa gira meia circunferência, de forma que o projétil atravessa mais uma vez o mesmo orifício que havia perfurado. Considere a velocidade do projétil constante e sua trajetória retilínea. O módulo da velocidade do projétil é:



a)wr / p
b)2wr / p
c)wr / 2p
d)wr
e)pw / r
Resposta


60) V.60 - Um objeto de massa 8,0 kg e volume 1,0 litro está imerso em um líquido, de densidade igual à da água, contido num grande recipiente, como mostra a figura. O objeto se move para baixo com velocidade constante v = 0,20 m/s, devido à ação conjunta da gravidade, do empuxo e da resistência viscosa do líquido ao movimento. Podemos afirmar que a quantidade de energia transformada em calor, a cada segundo, no sistema "objeto - líquido" é de:



a)0,0 J
b)0,14 J
c)0,16 J
d)14 J
e)16 J
Resposta