Cadastre-se Jogo das Vocações Simulado Busca

Simulado On-Line
Conhecimentos Gerais (31-63) - ENEM (2001)

31) O franciscano Roger Bacon foi condenado, entre 1277 e 1279, por dirigir ataques aos teólogos, por uma suposta crença na alquimia, na astrologia e no método experimental, e também por introduzir, no ensino, as idéias de Aristóteles. Em 1260, Roger Bacon escreveu: “Pode ser que se fabriquem máquinas graças às quais os maiores navios, dirigidos por um único homem, se desloquem mais depressa do que se fossem cheios de remadores; que se construam carros que avancem a uma velocidade incrível sem a ajuda de animais; que se fabriquem máquinas voadoras nas quais um homem (…) bata o ar com asas como um pássaro. (…) Máquinas que permitam ir ao fundo dos mares e dos rios.” (apud BRAUDEL, Fernand. Civilização material, economia e capitalismo: séculos XV-XVIII, São Paulo: Martins Fontes, 1996, vol. 3.).

Considerando a dinâmica do processo histórico, pode-se afirmar que as idéias de Roger Bacon


a)inseriam-se plenamente no espírito da Idade Média ao privilegiarem a crença em Deus como o principal meio para antecipar as descobertas da humanidade.
b)estavam em atraso com relação ao seu tempo ao desconsiderarem os instrumentos intelectuais oferecidos pela Igreja para a avanço científico da humanidade.
c)opunham-se ao desencadeamento da Primeira Revolução Industrial, ao rejeitarem a aplicação da matemática e do método experimental nas invenções industriais.
d)eram fundamentalmente voltadas para o passado, pois não apenas seguiam Aristóteles, como também baseavam-se na tradição e na teologia.
e)inseriam-se num movimento que convergiria mais tarde para o Renascimento, ao contemplarem a possibilidade de o ser humano controlar a natureza por meio das invenções.
Resposta


32) “Os progressos da medicina condicionaram a sobrevivência de número cada vez maior de indivíduos com constituções genéticas que só permitem o bem-estar quando seus efeitos são devidamente controlados através de drogas ou procedimentos terapêuticos. São exemplos os diabéticos e os hemofílicos, que só sobrevivem e levam vida relativamente normal ao receberem suplementação de insulina ou do fator VIII da coagulação sanguínea”.

SALZANO, M. Francisco. Ciência Hoje.SBPC: 21(125),1996.

Essas afirmações apontam para aspectos importantes que podem ser relacionados à evolução humana. Pode-se afirmar que, nos termos do texto,


a)os avanços da medicina minimizam os efeitos da seleção natural sobre as populações.
b)os usos da insulina e do fator VIII da coagulação sanguínea funcionam como agentes modificadores do genoma humano.
c)as drogas medicamentosas impedem a transferência do material genético defeituoso ao longo das gerações.
d)os procedimentos terapêuticos normalizam o genótipo dos hemofílicos e diabéticos.
e)as intervenções realizadas pela medicina interrompem a evolução biológica do ser humano.
Resposta


33) Oxímoro (ou paradoxo) é uma construção textual que agrupa significados que se excluem mutuamente. Para Garfield, a frase de saudação de Jon (tirinha abaixo) expressa o maior de todos os oxímoros.



Nas alternativas abaixo, estão transcritos versos retirados do poema “O operário em construção”. Pode-se afirmar que ocorre um oxímoro em


a)“Era ele que erguia casas
Onde antes só havia chão.”
b)“… a casa que ele fazia
Sendo a sua liberdade
Era a sua escravidão.”
c)“Naquela casa vazia
Que ele mesmo levantara
Um mundo novo nascia
De que sequer suspeitava.”
d)“…o operário faz a coisa
E a coisa faz o operário.”
e)“Ele, um humilde operário
Um operário que sabia
Exercer a profissão.”

MORAES, Vínícius de. Antologia Poética. São Paulo:
Companhia das Letras, 1992.
Resposta


34) Nas conversas diárias, utiliza-se freqüentemente a palavra “próprio” e ela se ajusta a várias situações. Leia os exemplos de diálogos: I – A Vera se veste diferente!
– É mesmo, é que ela tem um estilo próprio. II – A Lena já viu esse filme uma dezena de vezes! Eu não consigo ver o que ele tem de tão maravilhoso assim.
– É que ele é próprio para adolescente. III – Dora, o que eu faço? Ando tão preocupada com o Fabinho! Meu filho está impossível!
– Relaxa, Tânia! É próprio da idade. Com o tempo, ele se acomoda.

Nas ocorrências I, II e III, “próprio” é sinônimo de, respectivamente,


a)adequado, particular, típico.
b)peculiar, adequado, característico.
c)conveniente, adequado, particular.
d)adequado, exclusivo, conveniente.
e)peculiar, exclusivo, característico.
Resposta


35) Um produtor de larvas aquáticas para alimentação de peixes ornamentais usou veneno para combater parasitas, mas suspendeu o uso do produto quando os custos se revelaram antieconômicos.
O gráfico registra a evolução das populações de larvas e parasitas.



O aspecto biológico, ressaltado a partir da leitura do gráfico, que pode ser considerado o melhor argumento para que o produtor não retome o uso do veneno é:


a)A densidade populacional das larvas e dos parasitas não é afetada pelo uso do veneno.
b)A população de larvas não consegue se estabilizar durante o uso do veneno.
c)As populações mudam o tipo de interação estabelecida ao longo do tempo.
d)As populações associadas mantêm um comportamento estável durante todo o período.
e)Os efeitos das interações negativas diminuem ao longo do tempo, estabilizando as populações.
Resposta


36) Num determinado bairro há duas empresas de ônibus, ANDABEM e BOMPASSElO, que fazem o trajeto levando e trazendo passageiros do subúrbio ao centro da cidade. Um ônibus de cada uma dessas empresas parte do terminal a cada 30 minutos, nos horários indicados na tabela.

HORÁRIO DOS ÔNIBUS
ANDABEM BOMPASSEIO
..... .....
6h00min 6h10min
6h30min 6h40min
7h00min 7h10min
7h30min 7h40min
..... .....


Carlos mora próximo ao terminal de ônibus e trabalha na cidade. Como não tem hora certa para chegar ao trabalho e nem preferência por qualquer das empresas, toma sempre o primeiro ônibus que sai do terminal.
Nessa situação, pode-se afirmar que a probabilidade de Carlos viajar num ônibus da empresa ANDABEM é


a)um quarto da probabilidade de ele viajar num ônibus da empresa BOMPASSEIO.
b)um terço da probabilidade de ele viajar num ônibus da empresa BOMPASSEIO.
c)metade da probabilidade de ele viajar num ônibus da empresa BOMPASSEIO.
d)duas vezes maior do que a probabilidade de ele viajar num ônibus da empresa BOMPASSEIO.
e)três vezes maior do que a probabilidade de ele viajar num ônibus da empresa BOMPASSEIO.
Resposta


37) I – Para o filósofo inglês Thomas Hobbes (1588-1679), o estado de natureza é um estado de guerra universal e perpétua. Contraposto ao estado de natureza, entendido como estado de guerra, o estado de pazé a sociedade civilizada. Dentre outras tendências que dialogam com as idéias de Hobbes, destaca-se a definida pelo texto abaixo.
II – Nem todas as guerras são injustas e correlativamente, nem toda paz é justa, razão pela qual a guerra nem sempre é um desvalor, e a paz nem sempre um valor.
BOBBIO, N. MATTEUCCI, N PASQUINO, G. Dicionário de
Política, 5ª ed. Brasília: Universidade de Brasília; São Paulo:
Imprensa Oficial do Estado, 2000.

Comparando as idéias de Hobbes (texto I) com a ten-dência citada no texto II, pode-se afirmar que


a)em ambos, a guerra é entendida como inevitável e injusta.
b)para Hobbes, a paz é inerente à civilização e, segundo o texto II, ela não é um valor absoluto.
c)de acordo com Hobbes, a guerra é um valor absoluto e, segundo o texto II, a paz é sempre melhor que a guerra.
d)em ambos, a guerra ou a paz são boas quando o fim é justo.
e)para Hobbes, a paz liga-se à natureza e, de acordo com o texto II, à civilização.
Resposta


38) Tropas da Aliança do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) invadiram o Iraque em 1991 e atacaram a Sérvia em 1999.
Para responder aos críticos dessas ações, a OTAN usaria, possivelmente, argumentos baseados


a)na teoria da guerra perpétua de Hobbes.
b)tanto na teoria de Hobbes como na tendência expressa no texto II.
c)no fato de que as regiões atacadas não possuíam sociedades civilizadas.
d)na teoria de que a guerra pode ser justa quando o fim é justo.
e)na necessidade de pôr fim à guerra entre os dois países citados.
Resposta


39) Existem diferentes formas de representação plana da superfície da Terra (planisfério). Os planisférios de Mercator e de Peters são atualmente os mais utilizados.



Apesar de usarem projeções, respectivamente, conforme e equivalente, ambas utilizam como base da projeção o modelo:




Resposta


40) Numa região, originalmente ocupada por Mata Atlântica, havia, no passado, cinco espécies de pássaros de um mesmo gênero. Nos dias atuais, essa região se reduz a uma reserva de floresta primária, onde ainda ocorrem as cinco espécies, e a fragmentos de floresta degradada, onde só se encontram duas das cinco espécies. O desaparecimento das três espécies nas regiões degradadas pode ser explicado pelo fato de que, nessas regiões, ocorreu


a)aumento do volume e da freqüência das chuvas.
b)diminuição do número e da diversidade de hábitats.
c)diminuição da temperatura média anual.
d)aumento dos níveis de gás carbônico e de oxigênio na atmosfera.
e)aumento do grau de isolamento reprodutivo interes-pecífico.
Resposta


41) “...o Brasil tem potencial para produzir pelo menos 15 mil megawatts por hora de energia a partir de fontes alternativas.
Somente nos Estados da região Sul, o potencial de geração de energia por intermédio das sobras agrícolas e florestais é de 5.000 megawatts por hora.
Para se ter uma idéia do que isso representa, a usina hidrelétrica de Ita, uma das maiores do país, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, gera 1.450 megawatts de energia por hora.”
Esse texto, transcrito de um jornal de grande circulação, contém, pelo menos, um erro conceitual ao apresentar valores de produção e de potencial de geração de energia. Esse erro consiste em


a)apresentar valores muito altos para a grandeza energia.
b)usar unidade megawatt para expressar os valores de potência.
c)usar unidades elétricas para biomassa.
d)fazer uso da unidade incorreta megawatt por hora.
e)apresentar valores numéricos incompatíveis com as unidades.
Resposta


42) A pesca não predatória pressupõe que cada peixe retirado de seu hábitat já tenha procriado, pelo menos uma vez. Para algumas espécies, isso ocorre depois dos peixes apresentarem a máxima variação anual de seu peso.
O controle de pesca no Pantanal é feito com base no peso de cada espécie. A tabela fornece o peso do pacu, uma dessas espécies, em cada ano.
Idade (anos) 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13
Peso (kg) 1,1 1,7 2,6 3,9 5,1 6,1 7 7,8 8,5 8,9 9,1 9,3 9,4
Considerando esses dados, a pesca do pacu deve ser autorizada para espécimes com peso de, no mínimo,


a)4 kg.
b)5kg.
c)7 kg.
d)9 kg.
e)11 kg.
Resposta


43) A refrigeração e o congelamento de alimentos são responsáveis por uma parte significativa do consumo de energia elétrica numa residência típica.
Para diminuir as perdas térmicas de uma geladeira, podem ser tomados alguns cuidados operacionais: I. Distribuir os alimentos nas prateleiras deixando espaços vazios entre eles, para que ocorra a circulação do ar frio para baixo e do quente para cima. II. Manter as paredes do congelador com camada bem espessa de gelo, para que o aumento da massa de gelo aumente a troca de calor no congelador. III. Limpar o radiador (“grade” na parte de trás) periodicamente, para que a gordura e a poeira que nele se depositam não reduzam a transferência de calor para o ambiente.

Para uma geladeira tradicional é correto indicar, apenas,


a)a operação I.
b)a operação II.
c)as operações I e II.
d)as operações I e III.
e)as operações II e III.
Resposta


44) A padronização insuficiente e a ausência de controle na fabricação podem também resultar em perdas significativas de energia através das paredes da geladeira. Essas perdas, em função da espessura das paredes,para geladeiras e condições de uso típicas, são apresentadas na tabela.

Espessura das paredes (cm) Perda térmica mensal (kWh)
2 65
4 35
6 25
10 15


Considerando uma família típica, com consumo médio mensal de 200 kWh, a perda térmica pelas paredes de uma geladeira com 4 cm de espessura, relativamente a outra de 10 cm, corresponde a uma porcentagem do consumo total de eletricidade da ordem de


a)30%.
b)20%.
c)10%.
d)5%.
e)1%.
Resposta


45) A figura mostra o tubo de imagens dos aparelhos de televisão usado para produzir as imagens sobre a tela.
Os elétrons do feixe emitido pelo canhão eletrônico são acelerados por uma tensão de milhares de volts e passam por um espaço entre bobinas onde são defletidos por campos magnéticos variáveis, de forma a fazerem a varredura da tela.



Nos manuais que acompanham os televisores é comum encontrar, entre outras, as seguintes recomendações:

I. Nunca abra o gabinete ou toque as peças no interior do televisor.
II. Não coloque seu televisor próximo de aparelhos domésticos com motores elétricos ou ímãs.

Estas recomendações estão associadas, respectivamente, aos aspectos de


a)riscos pessoais por alta tensão / perturbação ou deformação de imagem por campos externos.
b)proteção dos circuitos contra manipulação indevida perturbação ou deformação de imagem por campos externos.
c)riscos pessoais por alta tensão / sobrecarga dos circuitos internos por ações externas.
d)proteção dos circuitos contra a manipulação indevida / sobrecarga da rede por fuga de corrente.
e)proteção dos circuitos contra manipulação indevida sobrecarga dos circuitos internos por ação externa.
Resposta


46) A tabela apresenta a taxa de desemprego dos jovens entre 15 e 24 anos estratificada com base em diferentes categorias.

Região Homens Mulheres
Norte 15,3 23,8
Nordeste 10,7 18,8
Centro-Oeste 13,3 20,6
Sul 11,6 19,4
Sudeste 16,9 25,7
Grau de Instrução
Menos de 1 ano 7,4 16,1
De 1 a 3 anos 8,9 16,4
De 4 a 7 anos 15,1 22,8
De 8 a 10 anos 17,8 27,8
De 11 a 14 anos 12,6 19,6
Mais de 15 anos 11,0 7,3
Fonte: PNAD/IBGE, 1998


Considerando apenas os dados acima e analisando as características de candidatos a emprego, é possível concluir que teriam menor chance de consegui-lo,


a)mulheres, concluintes do ensino médio, moradoras da cidade de São Paulo.
b)mulheres, concluintes de curso superior, moradoras da cidade do Rio de Janeiro.
c)homens, com curso de pós-graduação, moradores de Manaus.
d)homens, com dois anos do ensino fundamental, moradores de Recife.
e)mulheres, com ensino médio incompleto, moradoras de Belo Horizonte.
Resposta


47) Em um colégio, 40% da arrecadação das mensalidades correspondem ao pagamento dos salários dos seus professores. A metade dos alunos desse colégio é de estudantes carentes, que pagam mensalidades reduzidas.O diretor propôs um aumento de 5% nas mensalidades de todos os alunos para cobrir os gastos gerados por reajuste de 5% na folha de pagamento dos professores. A associação de pais e mestres concorda com o aumento nas mensalidades mas não com o índice proposto. Pode-se afirmar que


a)o diretor fez um cálculo incorreto e o reajuste proposto nas mensalidades não é suficiente para cobrir os gastos adicionais.
b)o diretor fez os cálculos corretamente e o reajuste nas mensalidades que ele propõe cobrirá exatamente os gastos adicionais.
c)a associação está correta em não concordar com o índice proposto pelo diretor, pois a arrecadação adicional baseada nesse índice superaria em muito os gastos adicionais.
d)a associação, ao recusar o índice de reajuste proposto pelo diretor, não levou em conta o fato de alunos carentes pagarem mensalidades reduzidas.
e)o diretor deveria ter proposto um reajuste maior nas mensalidades, baseado no fato de que a metade dos alunos paga mensalidades reduzidas.
Resposta


48) A Mata Atlântica, que originalmente se estendia por todo o litoral brasileiro, do Ceará ao Rio Grande do Sul, ostenta hoje o triste título de uma das florestas mais devastadas do mundo. Com mais de 1 milhão de quilômetros quadrados, hoje restam apenas 5% da vegetação original, como mostram as figuras.



Considerando as características histórico-geográficas do Brasil e a partir da análise das figuras é correto afirmar que


a)as transformações climáticas, especialmente na Região Nordeste, interferiram fortemente na diminuição dessa floresta úmida.
b)nas três últimas décadas, o grau de desenvolvimento regional impediu que a devastação da Mata Atlântica fosse maior do que a registrada.
c)as atividades agrícolas, aliadas ao extrativismo vegetal, têm se constituído, desde o período colonial, na principal causa da devastação da Mata Atlântica.
d)a taxa de devastação dessa floresta tem seguido o sentido oposto ao do crescimento populacional de cada uma das Regiões afetadas.
e)o crescimento industrial, na década de 50, foi o principal fator de redução da cobertura vegetal na faixa litorânea do Brasil, especialmente da região Nordeste.
Resposta


49) O quadro apresenta as 10 cidades mais populosas do mundo em 1900 e os resultados de projeções das populações para 2001 e 2015.

1900 Pop.* 2001 Pop.* 2015 Pop.*
Londres 6,6 Tóquio 29 Tóquio 29
Nova York 3,4 Cidade do México 18 Bombaim 26
Paris 2,7 São Paulo 17 Lagos da Nigéria 25
Berlim 1,9 Bombaim 17 São Paulo 20
Chicago 1,7 Nova York 16 Kurachi, Paquistão 19
Viena 1,7 Xangai 14 Dacar, Blangadesh 19
Tóquio 1,5 Los Angeles 13 Cidade do México 19
Wuhan, China 1,5 Lagos, Nigéria 13 Xangai 18
Filadéfia 1,3 Calcutá 13 Nova York 18
São Petersburgo 1,3 Buenos Aires 12 Calcutá 17


As variações populacionais apresentadas no quadro permitem observar que


a)as maiores cidades do mundo atual devem crescer mais nos primeiros 15 anos deste século do que cresceram em todo o século XX.
b)atualmente as cidades mais populosas do mundo pertencem aos países subdesenvolvidos.
c)Tóquio, que hoje é a maior cidade do mundo, no início do século XX ainda não era considerada uma grande cidade.
d)no início do século XX, as cidades com mais de 1 milhão de habitantes estavam localizadas em países que hoje são desenvolvidos.
e)o crescimento populacional das grandes cidades, nas primeiras décadas do século XXI, ocorrerá principal-mente nos países hoje subdesenvolvidos.
Resposta


50) Dados do Censo Brasileiro 2000 mostram que, na última década, o número de favelas tem crescido consideravelmente, com significativa alteração na sua distribuição pelas regiões do País.

Considerando a dinâmica migratória do período, pode-se afirmar que esse processo está relacionado


a)ao declínio acentuado da industrialização no Sudeste, que deslocou grandes parcelas da população urbana para outras regiões do país.
b)à ampliação do número de zonas francas de comércio em grandes metrópoles, o que atraiu a população rural para essas áreas.
c)ao deslocamento das correntes migratórias rurais para os cinturões verdes criados em torno dos centros urbanos.
d)à instalação, na Região Nordeste, de inúmeras empresas de alta tecnologia, atraindo de volta a população que migrara para o Sudeste.
e)à mudança no destino das correntes migratórias, que passaram a buscar as cidades de médio e grande portes, além de São Paulo e Rio de Janeiro.
Resposta


51) O texto foi extraído da peça Tróilo e Créssida de WilliamShakespeare, escrita, provavelmente, em 1601.

“Os próprios céus, os planetas, e este centro
reconhecem graus, prioridade, classe,
constância, marcha, distância, estação, forma,
função e regularidade, sempre iguais;
eis porque o glorioso astro Sol
está em nobre eminência entronizado
e centralizado no meio dos outros,
e o seu olhar benfazejo corrige
os maus aspectos dos planetas malfazejos,
e, qual rei que comanda, ordena
sem entraves aos bons e aos maus.”
(personagem Ulysses, Ato I, cena III).
SHAKESPEARE, W. Tróilo e Créssida: Porto: Lello & Irmão, 1948.


A descrição feita pelo dramaturgo renascentista inglês se aproxima da teoria


a)geocêntrica do grego Claudius Ptolomeu.
b)da reflexão da luz do árabe Alhazen.
c)heliocêntrica do polonês Nicolau Copérnico.
d)da rotação terrestre do italiano Galileu Galilei.
e)da gravitação universal do inglês Isaac Newton.
Resposta


52)

SEU OLHAR
(Gilberto Gil, 1984)

Na eternidade
Eu quisera ter
Tantos anos-luz
Quantos fosse precisar
Pra cruzar o túnel
Do tempo do seu olhar


Gilberto Gil usa na letra da música a palavra composta anos-Iuz. O sentido prático, em geral, não é obrigatoria-mente o mesmo que na ciência. Na Física, um ano luz é uma medida que relaciona a velocidade da luz e o tempo de um ano e que, portanto, se refere a


a)tempo.
b)aceleração.
c)distância.
d)velocidade.
e)luminosidade.
Resposta


53) O gráfico mostra a porcentagem da força de trabalho brasileira em 40 anos, com relação aos setores agrícola, de serviços e industrial/mineral.



A leitura do gráfico permite constatar que:


a)Em 40 anos, o Brasil deixou de ser essencialmente agrícola para se tornar uma sociedade quase que exclusivamente industrial.
b)A variação da força de trabalho agrícola foi mais acentuada no período de 1940 a 1960.
c)Por volta de 1970, a força de trabalho agrícola tornou-se equivalente à industrial e de mineração.
d)Em 1980, metade dos trabalhadores brasileiros constituía a força de trabalho do setor agrícola.
e)De 1960 a 1980, foi equivalente o crescimento percentual de trabalhadores nos setores industrial/mineral e de serviços.
Resposta


54) A partir do primeiro semestre de 2000, a ocorrência de casos humanos de febre amarela silvestre extrapolou as áreas endêmicas, com registro de casos em São Paulo e na Bahia, onde os últimos casos tinham ocorrido em 1953 e 1948. Para controlar a febre amarela silvestre e prevenir o risco de uma reurbanização da doença, foram propostas as seguintes ações:

I. Exterminar os animais que servem de reservatório do vírus causador da doença.
II. Combater a proliferação do mosquito transmissor.
III. Intensificar a vacinação nas áreas onde a febre amarela é endêmica e em suas regiões limítrofes.

É efetiva e possível de ser implementada uma estratégia envolvendo


a)a ação II, apenas.
b)as ações I e II, apenas.
c)as ações I e III, apenas.
d)as ações II e III, apenas.
e)as ações I, II e III.
Resposta


55) No trecho abaixo, o narrador, ao descrever a personagem, critica sutilmente um outro estilo de época: o romantismo.

“Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos; era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça, e, com certeza, a mais voluntariosa. Não digo que já lhe coubesse a primazia da beleza, entre as mocinhas do tempo, porque isto não é romance, em que o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas; mas também não digo que lhe maculasse o rosto nenhuma sarda ou espinha, não. Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno, que o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.”

ASSIS, Machado de. Memórias Póstumas de Brás Cubas.
Rio de Janeiro: Jackson,1957.


A frase do texto em que se percebe a crítica do narrador ao romantismo está transcrita na alternativa:


a)... o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas ...
b)... era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça ...
c)Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno, ...
d)Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos ...
e)... o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.
Resposta


56) Boa parte da água utilizada nas mais diversas atividades humanas não retorna ao ambiente com qualidade para ser novamente consumida. O gráfico mostra alguns dados sobre esse fato, em termos dos setores de consumo.



Com base nesses dados, é possível afirmar que


a)mais da metade da água usada não é devolvida ao ciclo hidrológico.
b)as atividades industriais são as maiores poluidoras de água.
c)mais da metade da água restituída sem qualidade para o consumo contém algum teor de agrotóxico ou adubo.
d)cerca de um terço do total da água restituída sem qualidade é proveniente das atividades energéticas.
e)o consumo doméstico, dentre as atividades humanas, é o que mais consome e repõe água com qualidade.
Resposta


57) O gráfico compara o número de homicídios por grupo de 100.000 habitantes entre 1995 e 1998 nos EUA, em estados com e sem pena de morte.



Com base no gráfico, pode-se afirmar que


a)a taxa de homicídios cresceu apenas nos estados sem pena de morte.
b)nos estados com pena de morte a taxa de homicídios é menor que nos estados sem pena de morte.
c)no período considerado, os estados com pena de morte apresentaram taxas maiores de homicídios.
d)entre 1996 e 1997, a taxa de homicídios permaneceu estável nos estados com pena de morte.
e)a taxa de homicídios nos estados com pena de morte caiu pela metade no período considerado.
Resposta


58) noite, que Paulo saiu em peregrinação missionária pouco antes da meia-noite e meia e morreu quinze minutos depois, em Roma. Até as três da manhã a fé cristã foi mais ou menos proibida. (...) Até as dez horas as escolas dos mosteiros detiveram o monopólio da educação. Entre dez e onze horas são fundadas as primeiras universidades.

Adaptado de GAARDER, Jostein. O Mundo de Sofia, Romance da História da
Filosofia. São Paulo: Cia. das Letras, 1997.


O ano de 476 d.C., época da queda do Império Romano do Ocidente, tem sido usado como marco para o início da Idade Média. De acordo com a escala de tempo apresentada no texto, que considera como ponto de partida o início da Era Cristã, pode-se afirmar que


a)as Grandes Navegações tiveram início por volta das quinze horas.
b)a Idade Moderna teve início um pouco antes das dez horas.
c)o Cristianismo começou o ser propagado na Europa no início da Idade Média.
d)as peregrinações do apóstolo Paulo ocorreram após os primeiros 150 anos da Era Cristã.
e)os mosteiros perderam o monopólio da educação no final da Idade Média.
Resposta


59) De acordo com reportagem sobre resultados recentes de estudos populacionais, “... a população mundial deverá ser de 9,3 bilhões de pessoas em 2050. Ou seja, será 50% maior que os 6,1 bilhões de meados do ano 2000.(...) Essas são as principais conclusões do relatório Perspectivas da População Mundial – Revisão 2000, preparado pela Organização das Nações Unidas (ONU). (...) Apenas seis países respondem por quase metade desse aumento: Índia (21%), China (12%), Paquistão (5%), Nigéria (4%), Bangladesh (4%) e Indonésia (3%). Esses elevados índices de expansão contrastam com os dos países mais desenvolvidos. Em 2000, por exemplo, a população da União Européia teve um aumento de 343 mil pessoas, enquanto a Índia alcançou esse mesmo crescimento na primeira semana de 2001. (...) Os Estados Unidos serão uma exceção no grupo dos países desenvolvidos. O país se tornará o único desenvolvido entre os 20 mais populosos do mundo.”
O Estado de S. Paulo, 03 de março de 2001.
Considerando as causas determinantes de crescimento populacional, pode-se afirmar que,


a)na Europa, altas taxas de crescimento vegetativo explicam o seu crescimento populacional em 2000.
b)nos países citados, baixas taxas de mortalidade infantil e aumento da expectativa de vida são as responsáveis pela tendência de crescimento populacional.
c)nos Estados Unidos, a atração migratória representa um importante fator que poderá colocá-lo entre os países mais populosos do mundo.
d)nos países citados, altos índices de desenvolvimento humano explicam suas altas taxas de natalidade.
e)nos países asiáticos e africanos, as condições de vida favorecem a reprodução humana.
Resposta


60) Os textos referem-se à integração do índio à chamada civilização brasileira. I – “Mais uma vez, nós, os povos indígenas, somos vítimas de um pensamento que separa e que tenta nos eliminar cultural, social e até fisicamente. A justificativa é a de que somos apenas 250 mil pessoas e o Brasil não pode suportar esse ônus.(...) É preciso congelar essas idéias colonizadoras, porque elas são irreais e hipócritas e também genocidas.(...) Nós, índios, queremos falar, mas queremos ser escutados na nossa língua, nos nossos costumes.“
Marcos Terena, presidente do Comitê Intertribal Articulador dos Direitos
Indígenas na ONU e fundador das Nações Indígenas, Folha de S. Paulo, 31
de agosto de 1994.
II – ”O Brasil não terá índios no final do século XXI (...) E por que isso? Pela razão muito simples que consiste no fato de o índio brasileiro não ser distinto das demais comunidades primitivas que existiram no mundo. A história não é outra coisa senão um processo civilizatório, que conduz o homem, por conta própria ou por difusão da cultura, a passar do paleolítico ao neolítico e do neolítico a um estágio civilizatório.”
Hélio Jaguaribe, cientista político, Folha de S. Paulo, 2 de setembro de 1994.
Pode-se afirmar, segundo os textos, que


a)tanto Terena quanto Jaguaribe propõem idéias inadequadas, pois o primeiro deseja a aculturação feita pela “civilização branca”, e o segundo, o confinamento de tribos.
b)Terena quer transformar o Brasil numa terra só de índios, pois pretende mudar até mesmo a língua do país, enquanto a idéia de Jaguaribe é anticonstitucional, pois fere o direito à identidade cultural dos índios.
c)Terena compreende que a melhor solução é que os brancos aprendam a língua tupi para entender melhor o que dizem os índios. Jaguaribe é de opinião que, até o final do século XXI, seja feita uma limpeza étnica no Brasil.
d)Terena defende que a sociedade brasileira deve respeitar a cultura dos índios e Jaguaribe acredita na inevitabilidade do processo de aculturação dos índios e de sua incorporação à sociedade brasileira.
e)Terena propõe que a integração indígena deve ser lenta, gradativa e progressiva, e Jaguaribe propõe que essa integração resulte de decisão autônoma das comunidades indígenas.
Resposta


61) A população rural do Brasil tem decrescido nas últimas décadas. De acordo com dados do IBGE, na década de 80, a população rural era de aproximadamente 37 milhões; no ano 2000 havia cerca de 31 milhões de brasileiros morando no campo. O gráfico apresenta o comportamento da agricultura no Brasil nas duas últimas décadas em relação à produção e à área cultivada.



Levando em consideração as mudanças ocorridas no campo nas últimas duas décadas e analisando o comportamento do gráfico, é correto afirmar que


a)as áreas destinadas à lavoura têm aumentado consideravelmente, graças ao crescimento do mercado consumidor.
b)a produção agrícola aumentou juntamente com a área cultivada, devido à abertura do mercado para exportação.
c)a densidade demográfica nas áreas cultivadas tem crescido junto com a produção agrícola.
d)a área destinada à agricultura não aumentou, mas a produtividade tem crescido, graças à aplicação de novas tecnologias.
e)a produção agrícola do País cresceu no período considerado, enquanto a produtividade do homem do campo diminuiu.
Resposta


62) Rui Guerra e Chico Buarque de Holanda escreveram uma peça para teatro chamada Calabar, pondo em dúvida a reputação de traidor que foi atribuída a Calabar, pernambucano que ajudou decisivamente os holandeses na invasão do Nordeste brasileiro, em 1632. – Calabar traiu o Brasil que ainda não existia? Traiu Portugal, nação que explorava a colônia onde Calabar havia nascido? Calabar, mulato em uma sociedade escravista e discriminatória, traiu a elite branca? Os textos referem-se também a esta personagem.

Texto I: “...dos males que causou à Pátria, a História, a inflexível História, lhe chamará infiel, desertor e traidor, por todos os séculos”
Visconde de Porto Seguro, in SOUZA JÚNIOR, A. Do Recôncavo aos
Guararapes.Rio de Janeiro: Bibliex, 1949.
Texto II: “Sertanista experimentado, em 1627 procurava as minas de Belchior Dias com a gente da Casa da Torre; ajudara Matias de Albuquerque na defesa do Arraial, onde fora ferido, e desertara em conseqüência de vários crimes praticados...“(os crimes referidos são o de contrabando e roubo).
CALMON, P. História do Brasil.Rio de Janeiro: José Olympio, 1959.
Pode-se afirmar que:


a)A peça e os textos abordam a temática de maneira parcial e chegam às mesmas conclusões.
b)A peça e o texto I refletem uma postura tolerante com relação à suposta traição de Calabar, e o texto II mostra uma posição contrária à atitude de Calabar.
c)Os textos I e II mostram uma postura contrária à atitude de Calabar, e a peça demonstra uma posição indiferente em relação ao seu suposto ato de traição.
d)A peça e o texto II são neutros com relação à suposta traição de Calabar, ao contrário do texto I, que condena a atitude de Calabar.
e)A peça questiona a validade da reputação de traidor que o texto I atribui a Calabar, enquanto o texto II descreve ações positivas e negativas dessa personagem.
Resposta


63) O quadro apresenta a produção de algodão de uma cooperativa de agricultores entre 1995 e 1999.
 Safra
1995 1996 1997 1998 1999
Produção (em mil toneladas) 30 40 50 60 80
Produtividade(em kg/hectare) 1.500 2.500 2.500 2.500 4.000
O gráfico que melhor representa a área plantada (AP) no período considerado é:




Resposta